quarta-feira, 23 de janeiro de 2013

0 Pai de Paulo Gonzo morre atropelado pela PSP

O pai do cantor Paulo Gonzo morreu ontem ao início da tarde, em Lisboa, depois de ter sido atropelado por um carro patrulha da PSP, na Estrada de Benfica


O pai de Paulo Gonzo, Virgínio Paulo, faleceu ontem aos 82 anos, ao início da tarde, após ter sido atropelado por um carro da PSP, na Estrada de Benfica, avança hoje o JN, que adianta que o idoso ainda foi assistido no local, mas acabou por morrer no Hospital de Santa Maria, de acordo com fonte policial.
A mesma fonte adiantou que o pai do cantor tentou apanhar um autocarro perto da igreja de Benfica mas não conseguiu entrar a tempo e, ao encaminhar-se para regressar a casa, terá passado pela traseira do veículo, tendo sido apanhado de raspão pelo espelho retrovisor do carro da polícia.
 
De acordo com o que o jornal apurou, o carro da PSP circulava em marcha normal e o idoso, depois de assistido no local, foi transportado até ao Hospital de Santa Maria onde acabou por não resistir aos ferimentos.
O JN adianta que o idoso ao cair bateu com a cabeça no chão e a queda provocou-lhe um traumatismo que acabou por ser fatal. Já o agente da PSP que conduzia o carro envolvido no acidente ficou em choque com o sucedido e, depois de saber que o idoso era o pai do cantor Paulo Gonzo, quis encontrar-se com o artista para lhe pedir desculpas, num encontro que foi “muito emotivo”, de acordo com a mesma fonte.

0 comentários:

Enviar um comentário

 

NOTÍCIA TUGA Copyright © 2011 - |- Template created by Notícia Tuga - |- Powered by Notícia Tuga