domingo, 17 de março de 2013

0 Luxos de um país pobre. Oeiras paga 33 mil euros por bolos-reis.

Se é este regabofe com a troika, imaginem sem a troika.
1 - Em Junho de 2011, Oeiras ofereceu jantar convívio para os funcionários da autarquia que custou  mais de 41 mil euros. Uma gota de água nos milhões que afundam o buraco da dívida portuguesa, mas que poderá explicar a dificuldade que o país tem em parar de gastar.
Os contratos para o jantar são dois: um de 16 200 mil euros e outro de 18 025 mil euros. A juntar ainda a compra de uma alcatifa anti-fogo para o referido jantar no valor de 7 312,50 mil euros(Qual será a firma, sortuda, que as vende?)
Esta alcatifa antifogo era vital para o jantar... Faz-me recordar o politico mais integro de Portugal, muito bem representado, neste video, por Ezequiel Valadas (Gato Fedorento).
2 - Mas este não foi o único jantar dispendioso da autarquia. Já a Março deste ano a autarquia gastou 29 850 mil euros em «aquisição de serviços de Catering no Pavilhão Carlos Queiroz» sem que o motivo fosse justificado na adjudicação directa.

3 - A 11 de Julho mais de 20 mil euros foram pagos para a decoração de um monumento. «Iluminação Decorativa do Monumento Escultórico Comemorativo do 250º Aniversário, em Oeiras», lê-se na adjudicação directa.
4 - Para finalizar encontramos ainda outra atenção simpática da autarquia de Isaltino Morais, Adjudicada a Dezembro de 2010 está a compra de 4 mil bolos-reis para cabazes de Natal, num valor total de 33 mil euros.
A mesma pesquisa foi efectuada para os Municípios de Lisboa e Porto. 
5 - Na capital, a autarquia gastou mais de cinco mil euros no «serviço de Catering para o Jantar de Honra do 13º Salão Imobiliário de Lisboa, servido nos Paços do Concelho».
6 - Já no Porto, jantares só mesmo os 30 mil euros de catering no âmbito da 4ª edição do Circuito da Boavista. Um evento que só em adjudicações directas soma mais de 1 milhão de euros, mas que o custo geral é muito superior. Um valor que a autarquia garante recuperar.
7 - O mesmo não dirá dos cabazes de Natal de 2010 oferecidos pela «Empresa de Águas do Município do Porto» a mais de 500 pessoas no valor de 10 432 mil euros.
Fonte

0 comentários:

Enviar um comentário

 

NOTÍCIA TUGA Copyright © 2011 - |- Template created by Notícia Tuga - |- Powered by Notícia Tuga