sábado, 26 de outubro de 2013

0 Militar da GNR condenado a 9 anos de cadeia por ter morto acidentalmente um rapaz que acompanhava o pai num assalto.

Militar da GNR condenado a 9 anos de cadeia por ter morto acidentalmente um rapaz que acompanhava o pai num assalto.
Por sua vez o pai, ocupado em tão elevada acção de formação profissional, levou injustamente com dois anos de cadeia, mas vá lá que vai receber 20.000 euros do militar pela morte do próprio filho que levou para o assalto.
A mãe, que protestava no exterior do tribunal (se calhar pelo pai só ter levado um dos filhos para o assalto, deixando os outros sem educação), irá receber por sua vez 60.000 euros do militar condenado.
No final passou o Pai Natal com as suas renas e levou o colectivo de juízes ao circo, tirando a presidente do colectivo que votou vencida, sendo assim não teve direito a chupa - chupa e ficou apeada. 


@manuel tavares

0 comentários:

Enviar um comentário

 

NOTÍCIA TUGA Copyright © 2011 - |- Template created by Notícia Tuga - |- Powered by Notícia Tuga