Mostrar mensagens com a etiqueta Curriculum. Mostrar todas as mensagens
Mostrar mensagens com a etiqueta Curriculum. Mostrar todas as mensagens

sábado, 13 de setembro de 2014

0 CV Europass: 5 boas razões para não usar

O CV Europass foi criado pela União Europeia e permite aos candidatos obter um CV através do preenchimento de um formulário online. É rápido e exige pouco esforço e  são muitos os candidatos que o utilizam na procura de emprego. Mas, a menos que as empresas o peçam explicitamente, utilizá-lo pode não ser a melhor maneira de conseguir um novo emprego. Saiba aqui porquê e conheça um bom modelo alternativo.

1) É só “mais um” CV Europass

Os recrutadores analisam centenas de CVs todos os dias. Ao enviar o CV num formato que muitos outros candidatos utilizam não se está a destacar dos demais. Estará apenas a ser “mais um” CV Europass que os recrutadores podem até já estar cansados de ver.

2) O CV Europass não transmite nada sobre si

Ao utilizar este formato, apenas está a transmitir a informação objectiva que nele consta (formação, experiência, competências). Na pior das hipóteses, o recrutador pode também interpretar que não se quis esforçar nem investir tempo a fazer o seu próprio CV. Ao elaborar um CV personalizado pode demonstrar que é capaz de organizar ideias, estruturar informação ou elaborar um documento limpo, apelativo e fácil de analisar.

3) O CV Europass tende a ser demasiado longo

A maioria das vezes os CVs em formato Europass acabam por ser demasiado longos, chegando facilmente às 3 páginas. Ao criar um CV personalizado pode gerir o seu espaço autonomamente e garantir que o CV tem toda a informação relevante e não excede as 2 páginas. Já no CV europass, tem de limitar-se a preencher o formulário e esperar pelo resultado final, em que a informação é disposta maioritariamente de forma vertical, ocupando muito espaço.

4) Difícil de ler

Além de ter tabelas para as competências linguísticas (muita informação, mas difícil de processar e até transpor para outros formatos) é em geral um CV confuso e pouco user friendly. Por ser geralmente longo, não facilita a primeira leitura/análise rápida.

5) Informação desnecessária

Por ter de preencher um formulário para completar o seu CV, a tentação pode ser achar que quanto mais informação estiver preenchida, mais completo e melhor estará o CV. Será que hoje em dia as empresas precisam de saber a sua morada completa? Não chegará a cidade onde vive actualmente?  E será que precisa de ter fotografia? Já é avaliado por tantos aspectos no seu CV, quer também ser julgado pela sua aparência?



 

NOTÍCIA TUGA Copyright © 2011 - |- Template created by Notícia Tuga - |- Powered by Notícia Tuga