Mostrar mensagens com a etiqueta Insólito. Mostrar todas as mensagens
Mostrar mensagens com a etiqueta Insólito. Mostrar todas as mensagens

quinta-feira, 7 de novembro de 2013

0 Segurança Social cobra 40 euros a homem por "gravidez de risco"

Um individuo residente na região de Castelo Branco recebeu no início deste mês uma carta da Segurança Social para, “no prazo máximo de 30 dias”, pagar “a importância de 41,40 euros” por “acertos de ausência por gravidez de risco”. A história invulgar está a ser avançada pelo jornal local A Reconquista.


No passado dia 1 de Novembro, Albino Dias Ribeiro recebeu uma carta da Segurança Social com o seguinte assunto: “Reposição de pagamento indevidos”.
Até aqui nada de extraordinário não fosse o facto de o pagamento a que os serviços sociais se referente dizer respeito “a acertos de ausência por gravidez de risco de Outubro e Novembro de 2008 indevidamente pagos”, conta o jornal local A Reconquista.
Na carta publicada no site do jornal pode ler-se que “encontra-se a pagamento, no prazo máximo de 30 dias a contar da data de recepção deste ofício, a importância de 41,40 euros referentes a acertos de ausência por gravidez de risco”.
O documento é assinado pela directora da unidade da Segurança Social de Castelo Branco, Lurdes Lourenço.

segunda-feira, 24 de setembro de 2012

0 Brasileiro falsificou B.I. com foto de Jack Nicholson

Homem foi preso no Recife após ter tentado abrir uma conta bancária com identificação falsa que apresentava uma foto de Jack Nicholson.


A Polícia Civil de Pernambuco prendeu terça-feira, no Recife, um homem de 41 anos que tentava abrir uma conta bancária com falsa identidade. O mais insólito do caso é que o bilhete de identidade falsificado apresentava uma foto do ator norte-americano Jack Nicholson.
Os funcionários do banco desconfiaram da documentação apresentada, o que os levou a chamar a polícia, que acabou por deter o indivíduo, descobrindo que este, que no B.I. se apresentava sob o nome de João Pedro dos Santos, chama-se na verdade Ricardo Sérgio Freire de Barros e já era investigado há três meses.
Para além do referido documento de identificação, a polícia descobriu ainda outros cinco cartões de identidade em nome de outras pessoas, apreendendo-lhe também cheques e quatro cartões de crédito.

Fisionomias distintas


A polícia brasileira acredita que o homem utilizava a documentação falsificada para abrir falsas empresas, em nome das quais criava depois contas bancárias e obtia cheques especiais e cartões de crédito.
A fotografia de Jack Nicholson que utilizou foi captada em 2003 pelo conceituado fotógrafo Martin Shoeller e publicada na "Entertainment Weekly".
A polícia referiu que Freire de Barros não é sequer fisionomicamente semelhante ao ator norte-americano.
Na esquadra da polícia, Freire de Barros negou as acusações de criar e utilizar documentos falsos, sendo posteriormente levado a um hospital próximo para ser avaliado o seu estado mental.



segunda-feira, 10 de setembro de 2012

0 E se fosse Miguel Relvas ?

Estudante ‘chumba’ com 20

Edgar Cardoso, aluno de 20 valores na Universidade de Aveiro (UA), está obrigado a repetir o último ano da licenciatura em Música, devido a um atraso dos serviços académicos que não introduziram atempadamente as notas obtidas pelo estudante na Alemanha, onde estudou ao abrigo do programa Erasmus.


A dois dias do início das aulas, Edgar Cardoso está impedido de se inscrever no mestrado em Música, apesar de ter obtido uma média final de curso de 19,5 valores. "Nos últimos três anos recebo a bolsa de mérito por ser o melhor aluno da Universidade de Aveiro. Entre Setembro de 2011 e Julho de 2012 estive na Alemanha a fazer Erasmus. Como o ano lectivo termina cerca de um mês mais tarde, não me foi possível entregar à Universidade de Aveiro as equivalências", explica Edgar Cardoso, lamentando não haver uma compreensão dos serviços académicos para os alunos de Erasmus: "Só recebi o processo da Alemanha no início de Agosto e a Universidade de Aveiro precisa do dossiê no final de Junho, início de Julho. Deviam compreender que o fim do ano lectivo não é igual em todo o lado". Durante o mês de Agosto, Edgar Cardoso contactou a coordenadora do curso de música da UA a explicar a situação, de quem obteve a resposta que "só a partir de 3 de Setembro, quando regressasse de férias, é que o problema seria resolvido".
Ao fazer a inscrição para o mestrado, foi informado de que a mesma não podia ser feita "por não terem sido introduzidas no sistema as notas do último ano da licenciatura". "Disseram que tinha de me inscrever nas cadeiras do último ano da licenciatura. Não o fiz para não haver mais confusão. Tenho pena que seja este o tratamento dado pela UA a um dos melhores alunos que procurou elevar o nome da instituição enquanto esteve na Alemanha", lamenta.
RESOLUÇÃO À VISTA
Contactada pelo ‘CM’, a Universidade de Aveiro garantiu desconhecer o caso. Fonte da reitoria acrescentou que se encontra "a analisar a situação, no sentido de procurar uma decisão que, no quadro e no respeito da lei e dos regulamentos, permita corresponder às expectativas do aluno".
 

NOTÍCIA TUGA Copyright © 2011 - |- Template created by Notícia Tuga - |- Powered by Notícia Tuga