Mostrar mensagens com a etiqueta Megaupload. Mostrar todas as mensagens
Mostrar mensagens com a etiqueta Megaupload. Mostrar todas as mensagens

quinta-feira, 31 de janeiro de 2013

0 Sucessor do Megaupload armazena 50 milhões de ficheiros (quase todos) legais

Quem o garante é Kim Dotcom, o fundador do Megaupload e do seu sucessor, o Mega, lançado no passado dia 19 de janeiro: O Mega está a ser massivamente usado para fins legais.

Como se esperava o serviço está a ser um sucesso. Depois de numa hora ter angariado 100 mil utilizadores registados e ao fim de 24 horas já ter um milhão de utilizadores, o número de ficheiros armazenados também não para de crescer.

Atualmente são mais de 50 milhões os ficheiros armazenados no serviço, menos de duas semanas depois do lançamento. Os números são do criador do projeto, que também garante que, neste leque, apenas 0,001 tiveram de ser eliminados por representar conteúdos protegidos por direitos de autor usados de forma não legal.

Segundo o responsável, estão a ser removidos cerca de 50 conteúdos por dia a pedido dos legítimos detentores dos direitos sobre os conteúdos em questão. Kim Dotcom compara os números do Mega com os do Google, que diariamente tem de eliminar do seu "radar" 450 mil conteúdos, uma comparação que deve ser avaliada tendo em conta as óbvias diferenças de escala.

Vários dados vêm no entanto pôr em cheque os números apresentados por Dotcom, desde logo os resultados de uma pesquisa na ferramenta mega-search.me onde os utilizadores podem deixar informação sobre os conteúdos partilháveis e onde a lista de filmes, música e outras criações protegidas por direitos de autor se revela bastante relevante.

Recorde-se que o Mega encripta a informação contida em cada ficheiro como forma de se proteger de acusações relacionadas com a colaboração na violação de direitos de autor, como aconteceu no Megaupload.

Esta estratégia também protegerá os utilizadores mas pode não ser totalmente blindada, uma vez que a empresa mantêm acesso a dados sobre o IP do cliente, o email e outros elementos importantes para faturar serviços prestados que podem ser o rasto necessário para chegar a conteúdos ilegais anunciados pelos próprios utilizadores.

domingo, 20 de janeiro de 2013

0 Dono do Megaupload lança novo site de partilha de ficheiros

O patrão do Megaupload, Kim Dotcom, lançou um novo portal de armazenamento e partilha de ficheiros designado Mega, alegando cumprir a lei, e alertou que qualquer tentativa para o encerrar será em vão.


“Isto não é para mostrar nenhum dedo ao Governo norte-americano ou a Hollywood”, disse Kim em declarações à Reuters no sábado ao salientar que “legalmente não há nada que se possa usar para encerrar” o novo portal, que surge depois de o Megaupload ter sido encerrado em janeiro de 2012 por alegada pirataria.
 
 
De acordo com Kim Dotcom, “este portal é tão legítimo como o Dropbox, o Boxnet e outros concorrentes”.
Horas depois de o Mega ter começado a funcionar, Kim Dotcom indicou, através de uma mensagem no Twitter, que o seu novo portal já contava com 250 mil utilizadores registados.
Kim Dotcom está em liberdade condicional na Nova Zelândia à espera do julgamento, que deverá ter lugar em Março, para saber se será extraditado para os Estados Unidos, onde é acusado de pirataria informática e outros delitos.
 

NOTÍCIA TUGA Copyright © 2011 - |- Template created by Notícia Tuga - |- Powered by Notícia Tuga